Curta Ficção #051 – Middle Grade



Curta Ficção #051 – Middle Grade

Ouvir

Nesse episódio, Jana Bianchi Thiago Lee conversam com o autor e tradutor Jim Anotsu sobre a chamada literatura middle grade. Além de explicar a classificação e as principais características do público alvo dessa divisão etária, o episódio ainda aborda as principais obras de referência e dicas para escrever uma história apelativa, honesta e divertida para crianças e jovens.

Comente no feed do podcast, na página do Facebook ou pelo Twitter, no @curtaficcao. A gente quer ouvir sua opinião!

***

ATENÇÃO!

Para ouvir o episódio, clique no botão play, no botão de download no plugin abaixo, ou escute pelo perfil do Curta Ficção no Spotify.

Curta Ficção no Spotify: https://open.spotify.com/show/7g006vOSEM82oK207XUX7E

Feed do podcast: http://curtaficcao.blubrry.com/feed/podcast/

***

Assinem nossa newsletter

Curtam nossa página no Facebook

Sigam-nos no Twitter

***

LIVROS E CONTATOS DO JIM

***

INDICAÇÕES

***

CONFIRAM NOSSOS TRABALHOS

Dúvidas, comentários, sugestões – contato@curtaficcao.com.br


7 thoughts on “Curta Ficção #051 – Middle Grade

    1. Eu também. Por que não abrasileirar “middle-grade” para “juvenil”?
      Ótimo conteúdo mesmo.

      1. Oi, Jana! Oi Mike!

        Então, entendo que a divisão é pra se referir a uma faixa mais específica da literatura infanto-juvenil. Juvenil ainda enquadra o jovem adulto (ou YA), que também é um bicho completamente diferente do que o Jim escreve, por exemplo. Sempre sou a favor de termos em português — nesse caso sugeriria algo como pré-adolescente, talvez? —, mas quem define esses termos é o mercado e a gente acaba ficando meio que de mãos atadas…

        Obrigada pelo comentário, Jana! <3
        Jana (a outra rs)

  1. O episódio saiu já há quase 20 dias, no entanto, preciso comentar algo sobre o Jim Anotsu: Maravilhoso! Só o tinha visto de nome; depois desse episódio virei fã, queria ter dinheiro pra distribuir os livros dele pras crianças e pra todo mundo.

    1. Fala, Auryo!
      Poxa, nunca é tarde pra comentar hahaha obrigada pelo comentário! E o Jim é incrível! Engraçado você dizer que queria dar os livros dele pras pessoas, porque é exatamente isso que conhecê-los despertou — inclusive eu EFETIVAMENTE dou os livros dele sempre que preciso dar um presente pra alguém da faixa etária hehehe

      Um beijão!
      Jana

Leave a Reply

*